Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
Data: 22/05/2017 Hora: 00:00:00
Administração Municipal em parceria com a Unoeste realiza o 1º Mutirão da Saúde e Cidadania de Murutinga do Sul
Webline Sistemas

Murutinga do Sul - O Mutirão de Saúde e Cidadania realizado na manhã de sábado (20) em Murutinga do Sul, com foco especial em prevenção, alcançou o significativo índice de 15,86% da população de 4,4 mil habitantes do município localizado na região de Araçatuba. Uma realização que envolveu a Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), Prefeitura e Consórcio Intermunicipal do Extremo Noroeste de São Paulo (Ciensp).

Pela Unoeste estiveram envolvidas cerca de 70 pessoas, das quais 56 estudantes e nove professores dos cursos de Medicina, Nutrição, Odontologia, Biomedicina, Estética e Cosmética, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Agronomia, História e Jornalismo. Foram 698 moradores que passaram por 1061 atendimentos, incluindo dez serviços, cinco ofertas de orientações na área da saúde, duas palestras (saúde e agronomia) e uma oficina de produção de jornal na escola, para alunos do ensino médio e professores.

Serviços e orientações ocorreram no centro de eventos da matriz de São José. Palestra sobre humanização e motivação para funcionários municipais e profissionais da área de saúde ocorreu na câmara de vereadores. A palestra sobre fruticultura e condução de hortas comerciais, envolvendo agricultores familiares, foi no centro cultural. A oficina de jornal aconteceu na escola municipal, com a participação de integrantes do programa Ação Jovem, ofertado junto ao Centro de Referência da Assistência Social (Cras). A administração municipal envolveu no apoio e logística pelo menos 70 pessoas.

O mutirão esteve envolvido nas ações de responsabilidade social da universidade, com a participação de estudantes orientados e acompanhados por professores. Entre os beneficiados com os serviços prestados esteve o produtor rural Antenor Amorin Alves, de 80 anos de idade. Ele fez o teste de colesterol e ao final fez questão de agradecer o estudante Lucas Oliveira Silva pelo bom atendimento. Foi um exemplo da relação cordial entre a comunidade acadêmica e os moradores. “Me sinto realizado em ver a satisfação das pessoas, como acontece nesta cidade de uma gente muito receptiva”, disse o futuro biomédico que está no sexto de oito termos do curso.

Com a orientação do professor José de Oliveira da Costa Filho, da Faculdade de Medicina, alunos da Liga de Saúde da Família ofertaram a palestra sobre humanização. O estudante Lucas Freitas Bergamaschi Pereira da Silva classificou como ótima a receptividade e comentou que o público foi participativo. Para a vice-prefeita Neide Viola, que atua no setor de saúde, a palestra alertou e serviu de estímulo ao aprimoramento dos profissionais na relação com os usuários do serviço público de saúde.

O prefeito e presidente do Ciensp Gilson Pimentel disse que o mutirão superou a expectativa, no sentido dos atendimentos e com o legado de contribuir para que a população adquira a cultura da prevenção. Disse que sua administração está empenhada em promover essa cultura e que a Unoeste ofereceu uma contribuição muito significativa.

O presidente da Câmara Municipal, Cristiano Euleotério Soares da Silva, considerou o mutirão como muito dinâmico e proveitoso.

A vereadora e psicóloga da Secretaria Municipal de Educação Luciana Hernandes Duarte, que esteve a frente da organização do evento, comentou que houve sintonia entre a equipe da universidade e o pessoal de apoio da prefeitura, o que contribuiu para o ótimo atendimento, muito elogiado pelas pessoas beneficiadas. O pró-reitor de pesquisa, pós-graduação e extensão Dr. Adilson Eduardo Guelfi também manifestou satisfação, agradeceu a calorosa recepção e recebeu pedidos para que a Unoeste seja presença frequente em Murutinga do Sul. Fonte Assessoria de Imprensa UNOESTE.

 

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro

Data: 22-05-2017 00:00:00